Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Nota das centrais sindicais - O Governo Pinóquio

A proposta de Orçamento Federal encaminhada para 2023 sintetiza algumas das inúmeras mentiras anunciadas pelo governo de Jair Bolsonaro como salvação para os graves problemas da pobreza, da fome e da necessidade de geração de empregos com direitos constitucionais. Já se sabe que o atual Auxílio Emergencial foi implementado com objetivos eleitoreiros. Não contestamos a importância do Auxílio para quem precisa, ao contrário. Mas é preciso ficar claro o que mais está por trás desta medida, além da intenção do presidente em se manter no cargo. Na proposta de Orçamento o valor médio do Auxílio, já depreciado pela inflação que ultrapassa 10% e pelo alto custo dos alimentos, cairá para R$ 400,00 a partir de janeiro de 2023. Além disso o salário mínimo, pelo quarto ano seguido, é reajustado abaixo da inflação, prejudicando a grande maioria do povo trabalhador e também os aposentados e pensionistas. Importante notar que o custo de vida para quem ganha os menores salários é três vezes mais alto

Últimas postagens

OIT pede ao G20 apoio para o “Acelerador Global de Emprego e Proteção Social”

Vendas no comércio recuam 0,8% em julho e têm terceiro mês seguido de queda

Nota em apoio a Vera Magalhães

Centrais Sindicais vão ao MPT contra o crime de assédio eleitoral no local de trabalho

Reunir o campo progressista para vencer no 1º turno”, defendem centrais

Fome ronda 1 a cada 3 lares com crianças de até dez anos no país

Livro explica como a ignorância se tornou vantagem eleitoral

Secretário da Previdência e Seguridade Social da UGT propõe PEP SINDICAL junto ao INSS

PRAZO PRESCRICIONAL DOS CRÉDITOS TRABALHISTAS